quinta-feira, 26 de julho de 2012

Herdeira das Sombras - Anne Bishop

   "Há setecentos anos, num mundo governado por mulheres e onde os homens são meros súbditos, uma Viúva Negra profetizou a chegada de uma Rainha na sua teia de sonhos e visões.
   Jaenelle chegou para ocupar o seu lugar, mas mesmo a protecção dos Senhores da Guerra não impediu que os seus inimigos lhe provocassem um terrível mal. Agora é necessário protegê-la até às últimas consequências. Mas será que ainda é possível recuperar Jaenelle?
   Há, no Reino, três homens dispostos a dar a sua vida pela Rainha prometida. Mas as atrocidades cometidas mostram que há quem esteja disposto a tudo para controlar ou destruir Jaenelle. Para todo o sempre."

    Boas pessoal!!
   Aqui estou com um seguimento muito bom de uma autora fantástica de Dark Fantasy. O segundo livro da trilogia das Jóias Negras é melhor do que o primeiro livro, e isto porque...
   O leitor sabendo já como é o mundo e as regras deste universo de Anne Bishop entende desde o início a escrita e o que se passa a toda a volta das personagens. Não é como o primeiro livro em que só para aí umas cem ou duzentas páginas depois é que se apercebiamos do que se passava.
   Outra coisa boa foi o desenvolvimento da história, está verdadeiramente espectacular e aliciante, faz querer ler mais e mais e mais... Estou desejoso de ler o terceiro e último capítulo desta trilogia maravilhosa.
   É um livro que aconselho vivamente a lerem é brutal, se quiserem saber mais sobre a colecção sigam o link: Crítica - Filha do Sangue
   Para comprar o livro: Wook
   Boa Leitura... ;)
8/10

André

Booking Through Thursday - Ler

   Algum tempo atrás, entrevistei os meus leitores para variar e a minha questão final era, "Que pergunta é que NÃO FIZ no BTT que gostarias que eu perguntasse?" obtive grandes respostas e vou colocar algumas de tempos a tempos para vos perguntar, como agora duas perguntas acerca dos hábitos de leitura que deveriam vir juntas:
   A GigiAnn pergunta:
   "Tens alguma época favorita do ano em que lês mais? (por exemplo em tempestades, nevões, tempo quente e solarengo)"
   A Lisa pergunta:
   "Qual é o teu lugar favorito para ler? Na praia? Dentro ou fora de casa?"

   André: Bem quanto à primeira pergunta eu tendo a ler mais no verão, mas não por causa do tempo, mas sim porque estou de férias logo não tenho mais coisas que me ocupem o tempo. Quanto à segunda pergunta prefiro ler definitivamente em casa na minha cama ou num sofázinho...

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Filha do Sangue - Anne Bishop

   "Há setecentos anos atrás, num mundo governado por mulheres e onde os homens são meros súbditos, uma Viúva Negra profetizou a chegada de uma Rainha na sua teia de sonhos e visões.
   Agora o Reino das Sombras prepara-se para a chegada dessa mulher, dessa Feiticeira que terá mais poder do que o próprio Senhor do Inferno. Mas a Rainha ainda é nova, passível de ser influenciada e corrompida. E quem controlar a Rainha controlará o mundo.
   Três homens poderosos - inimígos de sangue - sabem isso. Saetan, Lucivar e Daemon apercebem-se do poder que se esconde por trás dos olhos azuis daquela menina inocente. E assim começa um jogo cruel, de política e intriga, magia e traição, onde as armas são o ódio e o amor. E o preço pode ser terrível e inimaginável."

   Boas leitores...
   Aqui estou eu mais uma vez neste mês para vos dar um livro muito bom de uma escritora que já há muito desejava ler, Anne Bishop.
   Este livro é o primeiro duma trilogia, a trilogia das Jóias Negras. No entanto, esta autora escreveu ainda mais uns 10 livros também de Dark Fantasy.
   Quanto a este primeiro livro tenho de afirmar que senti certas dificuldades de entender o livro ao início, visto que a autora não explica nada de nada sobre aquele mundo e tem de ser o próprio leitor a ir desvendando as características da população e do mundo deles. Isto tornou a leitura um bocado irritante, estar a ler uma coisa sem se entender é um bocado mau, mas ao longo do livro o leitor já vai entendendo as coisas pouco a pouco, não perdendo muito.
   Quanto à história acho que é bastante boa, e tem o seu ponto positivo de ter várias vistas de personagens e também uma coisa boa, ter 3 dimensões, três reinos. Isto não é lá muito habitual num livro ter um Inferno e outros mundos, foi inovador e gostei.
   É um livro aconselhado a quem quer experimentar ler coisas diferentes mas é preciso paciência para poder entender o livro.
   Se quiserem aproveitar e comprar o livro: Wook
   Boa Leitura... ;)
7,5/10

André

Booking Through Thursday - Um ou Muitos?

   Algum tempo atrás, entrevistei os meus leitores para variar e a minha questão final era, "Que pergunta é que NÃO FIZ no BTT que gostarias que eu perguntasse?" obtive grandes respostas e vou colocar algumas de tempos a tempos para vos perguntar, como agora a Vampira2468 perguntou:
   "Colecções ou livros únicos?"

   André: Eu pessoalmente prefiro colecções, gosto de prolongar uma história, apesar de por vezes um livro sem colecção calhar bem para desanuviar um pouco a leitura de tantas colecções juntas.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

A Revolta - Suzanne Collins

   "Katniss Everdeen não devia estar viva. Mas, apesar dos planos do Capitólio, a rapariga em chamas sobreviveu e está agora junto de Gale, da mãe e da irmã no Distrito 13. Recuperando pouco a pouco dos ferimentos que sofreu na arena, Katniss procura adaptar-se à nova realidade: Peeta foi capturado pelo Capitólio, o Distrito 12 já não existe e a revolução está prestes a começar. Agora estão todos a contar com Katniss para continuar a desempenhar o seu papel, assumir a responsabilidade por inúmeras vidas e mudar para sempre o destino de Panem - independentemente de tudo aquilo que terá de sacrificar… O último volume da trilogia Os Jogos da Fome é ainda mais emocionante e deixará os leitores rendidos ao seu ritmo e enredo arrebatadores."

   Boas pessoal...
   Mais um livro fresquinho neste mês de Julho que já vai quase a meio, desta vez um que desejava muito lê-lo e acho que vocês também quereriam ler a crítica aqui.
   O último livro da trilogia tornada famosa muito recentemente é muito bom, possivelmente não tão bom como os seus antecessores mas mesmo assim com uma qualidade extrema.
   O livro continua a ter aquelas páginas e aqueles capítulos que nos agarram completamente e que por vezes temos de parar e dizer alguma coisa para aliviar a tensão que sentimos. No entanto, parece que neste livro faltou alguma coisa, um sentimento qualquer.
   Achei também que este livro poderia ter tido mais páginas, acho que houve lá algumas coisas que são muito repentinas, deveriam ter mais espaço para serem explicadas, o que tornaria a leitura mais interessante e não saturante, visto que este livro tem umas 275 páginas, se chegassem às 300/350 não me importava nada.
   Quanto ao fim, tenho que dizer que pessoalmente não gostei mas achei um final muito bom e muito bem elaborado.
   É um livro que aconselho a lerem, tal como a trilogia toda claro. E como sei que estão curiosos para saberem mais sobre toda a trilogia, basta seguirem os link's: Crítica - Em Chamas
   Para comprarem o livro: Wook
   Boa leitura... ;)
8/10

André

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Booking Through Thursday - Prazer culpado

   Algum tempo atrás, entrevistei os meus leitores para variar e a minha questão final era, "Que pergunta é que NÃO FIZ no BTT que gostarias que eu perguntasse?" obtive grandes respostas e vou colocar algumas de tempos a tempos para vos perguntar, como agora a SammyDee perguntou:
   "Que livros leste e que te sentes secretamente envergonhado para admitir?"

   André: Eu não tenho vergonha de ter lido qualquer livro dos que já li, um livro é um livro independentemente se eu tiver 60 anos e for ler um livro para jovens de 10, inclusivé agora tenho 18 anos e já li livros como As Crónicas de Narnia e As Crónicas de Spiderwick .

terça-feira, 10 de julho de 2012

Limite - Frank Schätzing

   "Maio de 2025: o fornecimento energético da Terra parece estar assegurado, desde que os Estados Unidos começaram a extrair Hélio-3 da Lua. As tecnologias pioneiras da corporação gigante Orley Enterprises revolucionaram a aeronáutica; americanos e chineses disputam direitos de exploração numa renhida corrida espacial. Enquanto Julian Orley, o excêntrico chefe daquela corporação, parte para uma viagem de lazer ao Espaço, acompanhado de um grupo de convidados proeminentes, o detective Owen Jericho, cujas desventuras de um amor desterram para Xangai, fica incubido de encontrar Yoyo, uma dissidente desaparecida.
   Contudo, o que, à primeira vista parecia um trabalho de rotina, acaba por se tornar no prelúdiode uma perseguição dilacerante, que o irá levar da China à Guiné Equatorial, passando por Londres e Berlim. Afinal, há muito mais gente interessada em Yoyo, pois aparentemente encontra-se na posse de informações secretas altamente confidenciais e corre perigo de vida. Jericho é obrigado a aliar-se à lindíssima e igualmente perigosa chinesa, a fim de encontrar o rasto dos seus fantasmáticos adversários. Numa época em que as corporações multinacionais retiram cada vez mais o ceptro da mão dos políticos, os dois confrontam uma desesperada luta pela sobrevivência, quando são perseguidos por um grupo de poderosos assassinos extremamente bem equipados. A busca dos cérebros por detrás da organização criminosa acaba por transportá-los para o meio das tumultuosas guerras mercenárias africanas, uma contenda pelo petróleo e energias alternativas, onde imperam ambições de domínio espacial - acabando depois na Lua, onde o grupo de viajantes de Orley se vê subitamente confrontado com uma ameaça mortífera."

   Boas pessoal...
   Desde já lamento imenso a demora a postar este livro aqui no blog, mas acreditem depois de mais de 1000 páginas de um livro bastante mau, aqui está a crítica.
   Não gostei, quer da história, quer da escrita quer do design do livro, estava tudo bastante mau. Começando no design do livro deixem-me dizer que ler 1095 páginas cheias de cima a baixo com uma letra pequena é bastante desgastante, os capítulos também são demasiado grandes, perdendo-se assim o ritmo à leitura, mas enfim.
   Quanto à sinopse deste livro, não a leiam, não tem nada haver com o livro, pensei que este livro fosse muito mais ficção científica, com um carácter mais de acção e aventura, no entanto não é bem isso, há acção com certeza, mas no meio de tantos pormenores e de tantas descrições desnecessárias o leitor facilmente perde-se e desanima-se retardando assim a leitura.
   Eu acho que o livro poderia ter sido melhor se estivesse dividido em dois volumes, não tornando a leitura tão desgastante num único livro e deixando talvez um apetite maior pelo livro querendo saber a sua continuação.
   Por fim, deixem-me dizer que não aconselho o livro, podem lê-lo se quiserem, mas acho melhor investirem o vosso tempo na quantidade de livros melhores que existem.
   Se mesmo assim quiserem tentar esta missão suicida: Wook
   Boa Leitura... ;)
1/10

André

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Booking Through Thursday - Periocidade

   Então para além de livros... que leituras periódicas lês? Revistas? Jornais? Newsletter? Diários?
   Subscreves-te para alguma coisa? Ou compras as coisas quando te parecem interessantes?

   André: Eu não tenho grande interesse de leitura noutras coisas para além de livros, subscrevo-me em alguns sites só para ir sabendo novidades de novos livros que saiam, e também a revista BANG! da Saída de Emergência, de resto mais nadinha...