terça-feira, 23 de agosto de 2011

Pátria - R. A. Salvatore

   "Nas profundezas da terra e rodeada de trevas eternas, esconde-se a imensa cidade proibida de Menzoberranzan. Habitada pelos drow, os temidos elfos negros, Menzoberranzan é governada por um complexo sistema de Casas em constante batalha. No meio de uma destas batalhas nasce uma criança com olhos de cor púrpura.
   A criança, Drizzt Do'Urden, destinada a tornar-se príncipe de uma das Casas, cresce num mundo vil onde a sua própria família não hesita em conspirar, trair e assassinar. Surpreendentemente, Drizzt desenvolve um sentido de honra e justiça completamente estranho à sua cidade. Mas haverá lugar para ele num mundo onde a crueldade é a maior virtude?

Venha descobrir Drizzt, o elfo negro,
uma das personagens mais lendárias da fantasia.
E acompanhe-o na épica e intrépida jornada para longe
de um mundo onde não tem lugar... em busca de outro,
na superfície, onde talvez nunca o aceitem."

   Boas pessoal...
   A uma semana e meia do fim do mês mostro-vos um dos livros que mais adorei. Pátria.
   Não fui nem com muitas nem com poucas expectativas para este livro, mas escolhi lê-lo porque envolvia elfos, criaturas que desde sempre que adorei.
   Então, este livro é o primeiro duma trilogia, chamada Trilogia do Elfo Negro. Falam todos da mesma personagem, Drizzt, o elfo negro com um sentido de justiça e honra fabulosos. Mas toda a história, pelo menos neste primeiro livro, mostra também o funcionamento da sociedade drow, todas as guerras, intrigas, mortes e afins.
   As personagens atraem qualquer um, não só Drizzt, pelo seu carácter, mas também a Matrona Malice pela sua maldade, capaz de matar os próprios filhos e Guenhwyvar a pantera de outro Plano.
   Toda esta panóplia quer de personagens quer de cenários (que já agora também são de sonhos, só pela descrição) tornam este livro, e espero que os seguintes também, um sucesso. Aconselho vivamente a ler. Se quiserem comprar o livro: Wook

   Boa Leitura... ;)
10/10

André

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Os Melhores Contos de H. P. Lovecraft Volume 3 - Howard Phillips Lovecraft

   "Regresso de um autor de culto com uma multidão de fãs em Portugal!
   Finalmente o terceiro volume de uma colecção digna da obra de Howard Phillips Lovecraft. Com organização e tradução do professor José Manuel Lopes da Universidade Lusófona e de Sérgio Gonçalves, Os Melhores Contos de Howard Phillips Lovecraft - 3º Volume trazem até junto do público contos que fazem parte da própria História da literatura fantástica do século XX. Obra feita com um intenso amor pelo legado de Lovecraft, todo o design da capa e interior procura recuperar o imaginário barroco e gótico dos contos do autor.
    Este volume integra os seguintes contos:

    Nas Montanhas da Loucura
    Ele
    O Intruso
    O Galgo
    A Nau Branca
    Para Lá das Fronteiras do Sono
    O Velho Terrível
    A Estranha Casa no Alto da Bruma
    A Casa Maldita
    O Inominável
    A Busca de Iranon
    Os Gatos de Ulthar
    Sob as Pirâmides
    Do Além
    As Cidades Sem Nome"

   Boas pessoal
   Aqui estou eu mais uma vez para escrever acerca de mais um livro do famosíssimo H. P. Lovecraft, desta vez o 3º volume.
   Neste volume encontra-se uma das mais famosas obras dele, As Montanhas da Loucura, um conto deveras bom. Isto não quer dizer que os outros não sejam, até porque a maior parte deles são contos extraordinários, que nos fazem quase sempre questionar "e se..." ou então "será que...".
   Agora, um ponto negativo acerca do volume 2, este não tinha introduções às obras, aquele início que nos mete os pêlos da nuca em pé, desta vez esse trabalho estava atribuído apenas às obras o que diminuiu um pouco o meu interesse.
   Uma característica desta obra é que não contava com tanta mitologia Cthulhu como o primeiro volume, já o segundo volume não tinha tanta dessa mitologia. Essa característica é desfavorável para mim, visto que adoro a mitologia criada por H. P. Lovecraft.
   Em compensação houve mais contos virados para o sobrenatural aterrorizador. Para todos os tipos de leitores.
   Se quiserem saber mais sobre as obras anteriores sigam mais uma vez o link: Crítica - Os Melhores Contos de H. P. Lovecraft Volume 2.
   Para lerem estes contos aterradores comprem o livro aqui: Wook

   Boa Leitura... ;)
7/10

André
  

domingo, 14 de agosto de 2011

Os Melhores Contos de H.P. Lovecraft Volume 2 - Howard Phillips Lovecraft

   "Segundo volume da obra completa do maior escritor de terror do século XX. Este volume inclui os seguintes contos:

O Templo
A Chave de Prata
Através dos Portais da Chave de Prata
O Depoimento de Randolph Carter
Factos Acerca do Falecido Arthur Jermyn e Sua Família
A Gravura no Livro da Casa
A Música de Erich Zann
Os Sonhos na Casa da Bruxa
A Abominação de Dunwich
O Medo Oculto
A Casa Mortuária"

   Boas bibliófilos...
   Aqui está o segundo volume de um dos melhores escritores de terror do século XX. Howard Philips Lovecraft.
   Neste volume não se vê tanto as figuras mitológicas criadas pela imaginação de Lovecraft, este volume concentra-se mais no factor medo, todos os contos, uns muito mais que outros, têm cenas, histórias e coisas desse género que criam medo no leitor de uma forma bastante interessante.
   Adorei todas as introduções antes dos contos. Eram absolutamente fantásticas, davam imensa vontade de começar a ler, para ver que cenas, que medos iriam aparecer a seguir.
   Em relação ao volume anterior, não há muita diferença, enquanto que este tem uns contos melhores que outros, o volume anterior é igual, por isso merecem a mesma pontuação.
   Se quiserem ver a crítica ao volume anterior, sigam o link: Crítica - Os Melhores Contos de H.P. Lovecraft Volume 1
   Para comprar o livro: Wook

   Boa Leitura... ;)
7/10

André

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

O Mago - Espinho de Prata - Raymond E. Feist

   "Durante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Rillanon. Porém, novos desafios aguardam Arutha, Príncipe de Krondor, quando Jimmy Mãozinhas - o mais jovem larápio do Grémio de Mofadores - surpreende um sinistro Noitibó prestes a assassiná-lo.
   Que poder maléfico faz erguer os mortos e leva cadáveres a combater os vivos por ordem do Grémio da Morte? Que magia poderosa poderá derrotá-los? O novo Rei de Midkemia corre perigo por se envolver numa expedição de vida ou morte em busca de um antídoto para o veneno que fez sucumbir a bela Princesa no dia do seu casamento..."

   Boas leitores...
   Por fim, depois de algum tempo consegui acabar este livro. Achei este livro de Raymond E. Feist absolutamente extraordinário! Eu pessoalmente tinha gostado dos dois volumes de O Mago, mas agora este volume O Espinho de Prata está fantástico.
   A história tem tudo o que se pode querer, aventura, surpresa, magia, suspense entre muitas outras coisas. No início pode parecer um pouco confuso mais depois só faz querer devorar páginas e páginas seguidas. Se não tivesse estado tão ocupado tinha acabado o livro em metade do tempo.
   As personagens estão bem caracterizadas, não houve muitas mudanças dos livros antigos para este. Houve um maior foco em Arutha e Jimmy, em vez de Pug e Tomas, mas era de esperar, para ver os dois lados da história.
   Isto tudo já para não falar das capas, que acho que estão fabulosas e muito bem elaboradas, adequam-se perfeitamente aos livros.
   É um livro que adorei mesmo e se já leram os outros volumes de Raymond E. Feist então aconselho-vos a lerem este.
   Se quiserem verificar as críticas aos volumes anteriores sigam os link's: Crítica - O Mago - Mestre
   Para comprarem este livro brutal: Wook

   Boa Leitura... ;)
9/10

André

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

O Mago - Mestre - Raymond E. Feist

   "Nas suas mãos está o destino de dois mundos...
   A paz é já uma memória esbatida para os povos de Midkemia. A guerra continua, mas Pug e Tomas seguem rumos diferentes. Tomas herda um legado de grande poder oriundo de uma civilização antiga. Mas uma luta interna leva-o a duvidar sobre qual deverá ser o seu destino. Por outro lado Pug, após ter sido capturado, é levado para as exóticas terras de Kelewan e irá aprender a dominar a dualidade do seu enorme poder, Pug é agora Milamber. E terá que enfrentar um inimigo mais antigo do que o próprio tempo.
   Entretanto, o Reino estremece com a ascensão de Guy de Bas-Tyra e tem início uma nova disputa pelo trono."

   Boas pessoal...
   Entramos em Agosto, mês de praia e diversão, mas isso não impede que poste novos livros aqui, desta vez o seguimento de O Mago - Aprendiz esta história composta por dois volumes é completamente fantástica, como já tinha referido na crítica ao primeiro volume. Concordo quando referem que este é considerando por muitos como um dos melhore livros de fantasia de sempre.
   As aventuras de Pug e Tomas continuam recheadas de surpresas, aventuras e perigos cada vez maiores. Com Tomas num mundo e Pug noutro o entusiasmo pela leitura é duplo. Foi fabuloso a forma como o autor criou dois mundos diferentes quer no habitat quer na sociedade e na humanidade de cada um dos mundos, um trabalho muito bom.
   A história também está boa, intrigante, romântica e aventureira faz o leitor ler ler ler e ler.
   Já aconselhei vivamente a lerem o volume anterior, por isso este é a mesma coisa, leiam. Se não gostarem muito do primeiro volume, leiam o segundo na mesma, vão ver que vão passar a gostar e a devorar. Ahaha
   Se quiserem saber da crítica ao volume antigo, sigam o link: Crítica - O Mago - Aprendiz
   Para comprarem o livro basta clicarem: Wook

   PS: O Bruno está de férias logo não tem estado a ler muito, mas está para brevemente, don't worry.

   Boa Leitura... ;)
9/10

André