domingo, 27 de fevereiro de 2011

As Duas Torres - J. R. R. Tolkien

   "No anterior volume desta trilogia, A Irmandade do Anel, o leitor travou conhecimento com alguns estranhos e simpáticos personagens que povoam o mundo que Tolkien construiu: Frodo, Gandalf, Pippin, Aragorn, Boromir, para citar apenas alguns.
   Através deles ficou também a conhecer algumas espécies bizarras a viver em terras imaginárias: oh hobitts, os orcs, os elfos, os anões. E acompanhou certamente todas as peripécias que se passaram à volta do misterioso anel de que Frodo era possuidor. Os perigos por que passaram para subtrair o anel às mãos cobiçosas dos inimigos, os trabalhos em que se viram envolvidos para conseguirem o seu intento culminaram com a fuga e o desaparecimento de Frodo e a dispersão dos seus companheiros.
   Esta segunda parte, As Duas Torres, conta o que aconteceu a cada um dos membros da Irmandade do Anel, depois de o grupo se ter desfeito e até ao advento da Grande Escuridão e à eclosão da Guerra do Anel, que será contada na terceira e última parte O Senhor dos Anéis, em que se integram também A Irmandade do Anel e O Regresso do Rei."

   Boas ávidos leitores...
   Eu sei, demorei um belo tempo para ler este livro, mas tenho estado deveras ocupado. Mas aqui estou eu para apresentar a crítica ao segundo livro da grande trilogia de O Senhor dos Anéis.
   Este volume é composto por duas partes, o livro III e o livro IV. Tenho uma certa opinião para cada um dos "livros".
   O primeiro "livro" foi o que achei mais interessante, é digamos a parte de aventura/guerra/fantástico da história, esta foi a parte que mais me atraíu para a leitura. É nesta parte que o universo e a população de Tolkien mais aparece e acho que é isso o fascinante, quer nos Ents, nos Elfos ou nos sítios como Isengard ou a guerra no Abismo do Elmo. A esta parte eu daria um 8 em 10.
   O segundo "livro" era o mais monótono, na minha opinião, também tinha aventura e um pouco de intriga, mas não me apelou muito. Apesar disso a descrição por exemplo de Mordor está bastante boa e as intervenções de Gollum/Sméagol também. A esta parte dou um 7 em 10.
   Acho que pesando bem as duas partes deste volume a pontuação será a média deles os dois.
   Se quiserem saber mais sobre o primeiro volume d'O Senhor dos Anéis: Crítica - A Irmandade do Anel
   Próximo livro vai ser o último desta trilogia. Se quiserem comprar este livro sigam o link: Wook

   Boa Leitura... ;)
7,5/10

André 

domingo, 13 de fevereiro de 2011

O Segredo de Cibele - Juliet Marillier

"Um objecto antigo...
Uma missão perigosa...
Um rasto de sinais mágicos.
Um triângulo amoroso surpreendente...

   Uma rapariga aventura-se pelas esquinas proibidas de uma cidade misteriosa e entra no Outro Reino encantado. Porém, conseguirá ela ultrapassar os inconcebíveis testes de bravura, sabedoria e amor verdadeiro?"

   Boas pessoal..
   Depois de um longo período sem postar nada aqui estou eu, para escrever a crítica a O Segredo de Cibele.
   Apesar de este livro enquadrar-se na história do anterior Danças na Floresta este não tem muito haver com o outro, a não ser as personagens basicamente. Mas é certo que se não lessem o primeiro livro vão sentir-se um pouco à deriva.
   Vou admitir porque é que demorei tanto a ler este livro, foi exactamente o mesmo problema do anterior, capítulos grandes. Na minha opinião se Juliet Marillier tivesse feito os capítulos um pouco mais pequenos era muito melhor, assim cansa a leitura muito depressa.
   Em relação à história/enredo, está mais ou menos, em certas alturas parecia-me um pouco parecido com o Danças na Floresta, mas depois desaparecia essa sensação quando aparecia alguma coisa nova para adicionar à história.
   Acho que depois deste não há mais nenhum livro que faça o seguimento, são apenas estes dois livros, uma boa leitura.
   Se quiserem saber mais em relação ao Danças na Floresta: Crítica - Danças na Floresta
   Para comprarem o livro: Wook

   Boa Leitura... ;)
6,5/10

André

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Danças na Floresta - Juliet Marillier

   "Cinco irmãs aventureiras
Quatro criaturas sinistras
Três presentes mágicos
Dois amantes proibidos
Um sapo enfeitiçado

   Atravesse a soleira da Floresta e entre numa terra de magia, audácia, traição e amor."

   Boas pessoal.
   Como primeiro post de Fevereiro, aqui temos mais um romance de Juliet Marillier, desta vez Danças Malditas, este livro, que eu saiba, só tem mais um livro que o segue, chamado O Segredo de Cibele que será a minha próxima leitura.
   Em relação ao livro é uma boa história com um enredo muito bom. Esta foi a segunda vez que li este livro e gostei na mesma.
   Uma coisa um bocado aborrecida no livro, e que torna a leitura deveras chata, é a dimensão dos capítulos, eu pessoalmente não gosto de livros que tenham capítulos muito grandes, porque chega a um ponto e estou farto de passar páginas cheias de texto, mas esta é a minha opinião. Se quiserem comprar o livro cliquem no link: Wook

Boa leitura... ;)
7/10

André