sexta-feira, 24 de setembro de 2010

O Fim do Senhor Y - Scarlett Thomas

   "Quando Ariel Manto descobre a obra O Fim do Senhor Y numa livraria de livros em segunda mão, mal consegue acreditar no que está a ver. Conhece o suficiente sobre o autor, o estranho cientista vitoriano Thomas Lumas, para saber que os exemplares do livro são extremamente raros. E amaldiçoados.
   Com O Senhor Y debaixo do braço, Ariel é arrastada para uma aventura de fé, física, amor, morte e tudo o resto pelo meio. Parte mistério gótico, parte história de amor, O Fim do Senhor Y transporta-nos numa louca e fascinante indagação ao mais profundo do nosso ser e às nossas maiores interrogações."

   Hello pessoal!
   Então, que dizer deste livro? Bem, achei um bom livro em relação a alguns aspectos, tem uma boa história e cativa mesmo muito (principalmente na parte que se descobre uma receita de um líquido capaz de fazer as pessoas viajarem até ao "mundo das mentes" ou Troposfera (sim o mesmo nome que a camada da atmosfera) essa parte dá mesmo muita vontade de procurar pelo líquido para experimentar).
   Por outro lado há partes em que a personagem principal (Ariel Manto) começa a divagar muito nos pensamentos e começa a filosofar um bocado de mais, tornando a leitura um bocado maçuda.
   De resto é um bom livro leiam-no. Se quiserem comprar: Wook

   Boa Leitura ;)
6/10

André

domingo, 19 de setembro de 2010

Clube de Sangue - Charlaine Harris

   "Uma grande mudança social está a afectar toda a humanidade. Os vampiros acabaram de ser reconhecidos como cidadãos. Após a criação em laboratório, de um sangue sintético comercializável e inofensivo, eles deixaram de ter que se alimentar de sangue humano. Mas o novo direito de cidadania traz muitas outras mudanças...
   Há apenas um vampiro com a qual Sookie Stackhouse está envolvida, pelo menos de forma voluntária, e esse vampiro é Bill. Mas recentemente, ele tem estado um pouco distante. E noutro Estado.
   Eric, o seu chefe sinistro e sensual, julga saber onde encontrá-lo e, quando dá por isso, Sookie está a caminho de Jackson, no Mississippi, para se infiltrar no submundo do Clube de Sangue. Este clube é um local perigoso onde a sociedade vampírica se reúne para descontrair e beber um copo de O positivo.
   Mas quando Sookie finalmente descobre Bill - apanhado num acto de traição séria - ela não tem a certeza se o quer salvar... ou afiar estacas."


   Olá pessoal, acabei agora de ler o Clube de Sangue e aqui estou eu para comentar.
   Este volume surpreendeu-me, no bom e no mau sentido. No mau foi que apareceu um cliché que pensei que não apareceria nos volumes de Charlaine Harris: Lobisomens, sim, infelizmente aparecem. No bom sentido foi que ela soube lidar bem com eles e estes também não têm nenhum daqueles novos poderes dos lobisomens d'hoje em dia. São pessoas e transformam-se na noite de Lua cheia. Isso basta.
   Gostei do quadrado amoroso que houve neste volume. Porque será que as personagens nunca se contentam com uma pessoa (neste caso um vampiro)? Lá apareceram mais uns quantos para tentarem obter o lugar.
   Espero poder comprar o quarto volume em breve, e anuncio aqui que o sétimo volume vai ser lançado em breve, está previsto para dia 1 de Outubro e será chamado Sangue Felino mal posso esperar para lê-lo.
   PS: Crítica - Dívida de Sangue
   Para comprarem o livro sigam o link: Wook

   Boa Leitua ;)
7/10

André

Dívida de Sangue - Charlaine Harris

   "Uma grande mudança social está a afectar toda a humanidade. Os vampiros acabaram de ser reconhecidos como cidadãos. Após a criação em laboratório, de um sangue sintético comercializável e inofensivo, eles deixaram de ter que se alimentar de sangue humano. Mas o novo direito de cidadania traz muitas outras mudanças...
   Sookie Stackhouse está numa maré de azar: primeiro o seu colega de trabalho é morto e ninguém se parece preocupar; depois, é atacada por uma criatura que a infecta com um veneno doloroso e mortal. Tudo se complica quando Bill nada consegue fazer e pede ajuda de Eric para lhe salvar a vida. A questão é que agora ela está em dívida para com Eric - um vampiro deslumbrante mas tão belo quanto perigoso. E quando lhe pede um favor em troca, ela tam que ceder.
   De repente, Sookie está em Dallas a usar os seus poderes telepáticos para encontrar um vampiro. A sua condição é que os humanos não devem ser magoados. Mas a promessa de os vampiros se manterem na ordem é mais fácil de dizer do que cumprir. Basta uma bela rapariga e um pequeno deslize para que tudo comece a correr mal...
   Entretanto, também Eric tem os seus próprios segredos..."

   Bem pessoal, aqui estou eu, para comentar o segundo livro de Charlaine Harris, Dívida de Sangue, que mostra mais uma vez um mundo onde humanos e vampiros vivem lado a lado como cidadãos.
   Neste livro assistimos a duas histórias, a de Dallas e a de Bon Temps, o que, na minha opinião, torna as duas histórias menos completas e pormenorizadas. Apesar de entendermos perfeitamente parece que vai faltando ali qualquer coisa. Mas até está bom a estrutura das duas histórias.
   Charlaine Harris surpreende os seus leitores ao pôr vampiros a viverem no lado mais rural dos EUA, e também com aqueles momentos cómicos dos pensamenos das personagens, que afinal, todos temos.
   PS: Crítica - Sangue Fresco
   Se quiserem comprar: Wook

   Boa Leitura ;)
6/10

André

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Sangue Fresco - Charlaine Harris

    "Uma grande mudança social está a afectar toda a humanidade. Os vampiros acabaram de ser reconhecidos como cidadãos. Após a criaça em laboratório, de umngue sitétmeclizável e inofensivo, eles deixaram de ter que se alimentar de sangue humano. Mas o novodireito de cidadania traz muitas outras mudanças...
   Sookie Stackhouse é uma empregada de mesa numa pequena vila de Louisiana. É sossegada, tímida, e não sai muito. Não porque não seja bonita - porque é - mas acontece que Sookie tem um certo "problema": consue ler os pensamentos dos outros. Isso não a torna uma pessoa muito sociável.
   Então surge Bill: alto, moreno, bonito, a quem Sookie não consegue ouvir os pensamentos. Com bons ou maus pensamentos ele é exactamente o tipo de homem com quem ela sonha. Mas Bill tem o seu próprio problema: é um vampiro.Para além da má reputação, ele relaciona-se com os mais temidos e difamados vampiros e, tal como eles, é suspeito de todos os males que acontecem nas redondezas. Quando a sua colega é morta, Sookie percebe que a maldade veio para ficar nesta pequena terra de Louisiana.
   Aos poucos, uma nova subcultura dispersa-se um pouco por todos os lados e descobre-se que o próprio sangue dos vampiros funciona nos humanos como uma das drogas mais poderosas e desejadas. Será que ao aceitar os vampiros a humanidade acabou de aceitar a sua própria extinção?"

   Hey pessoal!
   Depois de uma sinopse como esta não deve de haver muita coisa a dizer do livro, mas há.
   Sim, é de vampiros, uma coisa que está na moda agora, mas os deste livro são daqueles antigos, não podem ir à luz do sol, morrem com uma estaca no coração, esse tipo. Isto dá-nos uma lufada de ar fresco em relação aos vampiros.
   Se ainda não relacionaram foi esta saga a origem da saga televisiva True Blood, uma saga que vi e que me surpreendeu, está muito boa. Tal como o livro. (lógico que há sempre aquelas coisas que não aparecem no livro ou no filme, mas isso não há como evitar).
   Este é o primeiro de uma saga que já tem bastante volumes publicados. Seis já foram publicados aqui em Portugal, mas acho que já são quase dez nos EUA. Fiquem atentos para saberem mais. Para comprarem este livro basta seguirem o link: Wook

Boa Leitura ;)
7/10

André

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

O Livro das Coisas Perdidas - John Connolly

   "Quando David, um menino de doze anos, se refugia do seu sofrimento nos mitos e contos de fadas de que a sua mãe, agora morta, tanto gostava, percebe que o mundo real e a fantasia se confundem. É então que começam a acontecer coisas más. E chega o Corcunda. David é violentamente impelido para uma terra habitada por heróis, lobos e monstros, cujo rei guarda os sues segredos num livro lendário... O Livro das Coisas Perdidas.
   Tudo o que podes imaginar é real"


   Olá outra vez pessoal! :)
   O Livro das Coisas Perdidas, parece um título um quanto apelativo, pelo menos a mim sim. Mas a verdade é que este livro não é assim uma coisa fora do normal. É uma história interessante, isso é. Mas também é daquelas histórias que chegamos a meio e já estamos a saber o que vai acontecer no fim. Por outras palavras é um bocado previsível.
   Mas pelo menos tem uma parte boa. É que nesta história são contados contos que todos conhecemos, como por exemplo "O Capuchinho Vermelho" ou "A Bela Adormecida", mas não da forma que toda a gente lê. São umas versões mais dark e perversas. Uma coisa a que não estamos muito habituados e que torna sempre uma história engraçada. Para comprar o livro sigam o link: Wook

   Boa Leitura ;)
6/10

André

sábado, 11 de setembro de 2010

A Mecânica do Coração - Mathias Malzieu

   "Edimburgo, 1874. Jack nasce no dia mais frio de sempre, com o coração... congelado. A Dr.ª Madeleine, a parteira (segundo alguns, uma bruxa) que o trouxe ao mundo, consegue salvar-lhe a vida instalando um mecanismo - um relógio de madeira - no seu peito, para ajudar o coração a funcionar. A prótese resulta e Jack sobrevive, mas com uma contrapartida: terá sempre de se proteger das sobrecargas emocionais. Nada de raiva e, sobretudo, nada de amor. A Dr.ª Madeleine, que o adopta e vela pelo seu mecanismo, avisa: "O amor é perigoso para o teu coraçãozinho."
   Mas não há mecânica capaz de fazer frente à vida e, um dia, uma pequena cantora de rua arrebata o coração - o mecâncio e o verdadeiro - de Jack. Disposto a tudo para a conquistar, Jack parte numa peregrinação sentimental até à Andaluzia, a terra natal da sua amada, onde encontrará as delícias do amor... e a sua crueldade."

   Bem pessoal, este livro foi mesmo uma grande surpresa para mim. Não tinha grandes expectativas acerca deste livro. Mas enganei-me. A história do pequeno Jack agarrou-me completamente.
   O enredo e os sonhos do pequeno rapazinho para ir de encontro com a sua amada. As contrapartidas que teve de ultrapassar e a dor que teve de sofrer para poder tê-la. Todas estas emoções e por aí fora são sentidas neste livro.
   Sem querer tirar o mistério deste livro, mas para mim o fim é absolutamente marcante. Fiquei mesmo muito comovido com o fim. Afinal o amor não é só felicidade, também é crueldade.
   Para além de ser muito bom, é um livro pequeno, fácil de ler. Leiam. Para comprarem o livro sigam o link: Wook

Boa Leitura ;)
8/10

André

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Perseguida - P.C. Cast + Kristin Cast

   "As boas notícias: Zoey conquistouu os seus amigos de volta e a nova Stevie Ray já não é apenas um segredo de Neferet. As más notícias: um mal antigo com rosto de anjo foi libertado, com outras criaturas não tão angélicas. A avó Redbird está em apuros. Heath está em apuros. A Casa da Noite está em apuros. Na verdade, o mundo inteiro de Zoey está a ruir!
   Mas quando os problemas são desencadeados por um ser que aparenta personificar a própria beleza, em quem irá o mundo acreditar? Especialmente quando uma adolescente vampyra à frente de um grupo de marginalizados é a única a compreender o perigo que ele representa. Terá Zoey a força e a sabedoria para revelar a verdade?"

   E agora o quinto volume, o mais recente, Perseguida.
   Li este livro em menos de uma semana de tão entusiasmante que era. Então quando ela se vê com três namorados e um anjo caído apaixonados por ela é extremamente engraçado e excitante de ver ela a resolver mais uma vez o problema.
   As capas desta colecção são outra coisa deveras interessante, sempre com raparigas embora pareçam sempre ser diferentes. São umas belas capas.
   Estou mesmo entusiasmado para ler o próximo desta colecção, embora ainda não tenha saído e não saiba de nenhuma data prevista para a edição. Mas tenho esperança que esteja próximo.
   Ps: Crítica - Indomável
   Se quiserem comprar o livro sigam o link: Wook

   Boa Leitura ;)
8/10

André

Indomável - P.C. Cast + Kristin Cast

   "A vida é dura quando os amigos nos viram as costas. Que o diga Zoey Redbird que, em uma semana, passou de três namorados para nenhum, e perdeu a confiança do seu grupo íntimo de amigos. E o pior é que Zoey sabe que a culpa é sua. Marginalizada por todos, ela não resiste a criar amizade com o novo aluno da Casa da Noite, o arqueiro olímpico James Stark.
   Entretanto, Neferet declarou guerra aos humanod depois do assassinato de dois vampyros mortos pelo Povo da Fé. Mas ao contrário das promessas da Sumo-Sacerdotisa, as últimas visões de Afrodite mostram um mundo cheio de violência, ódio e trevas. Zoey sabe que é errado lutar contra os humanos, mas quem está disposto a dar-lhe ouvidos? As aventuras de Zoey na escola de vampyros tomam um caminho perigoso em que as lealdades são testadas, e um antigo mal é despertado..."

   E o quarto volume da colecção mostrou ser mais uma vez, um êxito nesta colecção.
   Como sempre as autoras desta colecção P.C. Cast e Kristin Cast demonstram uma escrita fabulosa. Tanto que os livros são capazes de ser lidos de uma só vez. Até que nas contracapas têm comentários desse género.
   Então neste volume, foi deveras interessante ver como depois de todos os segredos serem descobertos os amigos dela e todas as pessoas que conhecia a abandonavam e como é que ela tratava do assunto.
   Uma coisa que reparei neste volume foi que o nome não acabava em "ada" ou "ida" como todos os outros. Teria ficado melhor se acabasse. Mas este problema deve-se à língua portuguesa e quanto a isso não há nada a fazer.
   PS: Crítica - Escolhida
   Para comprarem o livro sigam o link: Wook

   Boa Leitura ;)
8/10

André

Escolhida - P. C. Cast + Kristin Cast

   " Forças tenebrosas dominam a Casa da Noite, onde as aventuras de Zoey Redbird tomam um caminho inesperado. Aqueles que aparentam ser amigos afinal revelam-se inimigos. E estranhamente inimigos oferecem-lhe amizade. Assim inicia-se o terceiro volume desta série viciante ondea força de Zoey será testada como nunca antes. A sua melhor amiga, Stevie Ray, julgada morta, esforça-se por manter a sua humanidade. Zoey não sabe como ajudá-la, mas sabe que tudo o que fizer tem que ser mantido secreto na Casa da Noite.
   Como se não bastasse, Zoey encontra-se na rara e difícil posição de ter três namorados. E quando julgava que a sua vida não podia ser mais caótica, vampyros são encontrados mortos. Realmente mortos. Aparentemente, o Povo da Fé cansou-se de viver lado a lado com vampyros. Mas, como Zoey e os seus amigos irão descobrir, as aparências raramente reflectem a verdade..."

   Escolhida terceiro volume da série Casa da Noite é outro dos que eu acho muito bons. Principalmente a intriga dos três namorados, é mesmo típico de adolescentes meterem-se neste tipo de alhadas. E eu acho engraçado ficar a ver as pessoas a tentar desenvicilharem-se delas. Este volume é dos melhores que já li. Mais uma prova de que estas duas autoras ganharam um lugar bem merecido lá no topo.
   PS: Crítica - Traída
   Se quiserem comprar o livro: Wook

   Boa Leitura ;)
8/10

André

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Traída - P. C. Cast + Kristin Cast

   " Zoey Redbird pertence à Casa da Noite e sabe que foi abençoada com vastos poderes pela deusa vampyra Nyx. Mas quando começa finalmente a sentir-se integrada entre os amigos e é escolhida para líder das Filhas das Trevas, o impensável acontece: a Casa da Noite é acusada das mortes misteriosas de alguns adolescentes humanos.
   Mais do que nunca o perigo ronda os amigos de Zoey - e ela sabe que os poderes que a tornam única também ameaçam aqueles que ama. Quando a tragédia chega à Casa da Noite, a jovem precisará de coragem para enfrentar a traição que ameaça o seu coração, a sua alma... e o próprio mundo que a acolheu."

   E aqui estou eu, a comentar o 2º livro da colecção Casa da Noite chamado Traída. Este segundo volume apesar de ser bom, já não foi tão surpreendente como o 1º. Continua com a história, uma história deveras interessante. A escrita das duas autoras continua muito boa, criando personagens extremamente hilariantes, os adolescentes que lerem estes livros, de certeza que ligarão alguns amigos ás personagens, por vezes são muito parecidos. É um bom livro.
   PS: Crítica - Marcada
   Se quiserem comprar o livro: Wook

   Boa Leitura ;)
7/10

André

Marcada - P. C. Cast + Kristin Cast

   "Zoey Redbird tem 16 anos e vive num mundo igual ao nosso, com uma única diferença: os vampyros não só existem como são tolerados. Os humanos que os vampyros "marcam" como especiais entram na Casa da Noite, uma escola onde se vão transformar em vampyros ou, se o corpo o rejeitar, morrer.
   Para Zoey, apesar do medo inicial, ser marcada é uma verdadeira bênção. Ela nunca encaixou no mundo normal e sempre sentiu que estava destinada a algo mais. Mas mesmo na nova escola a jovem sente-se diferente dos outros, pois a marca que a Deusa Nyx lhe fez é especial, mostrando que os seus poderes são muito fortes para alguém tão jovem.
   Na Casa da Noite, Zoey acaba por encontrar amizades e amor, mas também mentira e inveja. Afinal, nem tudo está bem no mundo dos vampyros e os problemas que pensava ter deixado para trás não se comparam aos desafios que tem pela frente."

   Hallo pessoal, eu estou aqui a comentar os quatro livros anteriores da colecção Casa da Noite porque achei que seria um bocado estranho comentar o 5º livro da colecção sem vocês saberem o resto, por isso aqui vai. Este primeiro livro, Marcada achei muito bom, foi um livro de vampyros completamente diferente, sem aqueles clichés dos últimos livros que têm aparecido. Adorei a escrita destas duas autoras (mãe e filha) porque é basicamente como os jovens de hoje em dia falam. E parecendo que não, faz com que a leitura seja muito mais rápida, passa a voar. Adorei. Para comprarem o livro basta seguirem o link: Wook

Boa Leitura ;)
8/10

André

terça-feira, 7 de setembro de 2010

A Irmandade do Anel - J. R. R. Tolkien

   "Não se enganava o crítico ao indicar assim que estamos perante uma obra de leitura obrigatória, que, sem qualquer sombra de exagero, se insere entre as mais notáveis criações literárias do nosso século. Situando-se na linha da criação fantástica em que a literatura inglesa é fértil, Tolkien oferece-nos uma obra verdadeiramente monumental, onde todo um mundo é criado de raiz, uma novo cosmogonia arquitectada por inteiro, uma irrupção de maravilhoso que é admirável jogo de criação pura. O sopro genial que perpassa na elaboração deste maravilhoso, traduzido sobretudo no realismo da narração, deixa no leitor o desejo irresistível de conhecer "esse" mundo que, como crianças, chegamos a acreditar que existe. A Irmandade do Anel é o primeiro volume da trilogia O Senhor dos Anéis, em que se integram também As Duas Torres e O Regresso do Rei."

   Bem pessoal, depois de ler este livro tenho algumas coisas a dizer. Não era exactamente o que esperava, apesar do livro ser bom, toda a gente me dizia que se tinha achado o filme bom, acharia o livro melhor. A verdade é que já vi o filme há uns bons anos e não me lembro de tudo não é? Tenho de voltar a ver o filme e ver o que realmente acho. Gostei do livro, até me proporcionou um bom tempinho de leitura, e é certo que vou ler os outros dois. Se lerem este livro espero que gostem no mínimo tanto quanto eu. Para comprarem este livro basta seguirem o link: Wook

Boa Leitura ;)
7/10

André